Werner avalia proposta de aproximação de classes e custo de produção

Reuniões

Entre os temas da pauta dos encontros individuais entre as entidades dos produtores de tabaco e das indústrias do setor, ocorridos ontem e hoje, em Santa Cruz do Sul, dois deles são alvo de análise do presidente da Afubra, Benício Albano Werner. Veja na entrevista em áudio, disposta abaixo.

Benicio – entrevista em áudio 27082014

Produção e edição:
Elpídio Jair Iser,
Departamento de Comunicação Afubra.


Tabaco – Entidades formulam proposta de aproximação de classes

Quatro temas fomentaram a pauta dos encontros individuais ocorridos ontem, 26, e hoje, 27, entre as entidades representativas dos produtores de tabaco, formada pelas federações da Agricultura (Farsul, Faesc e Faep) e dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep) dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), e das indústrias do setor.

Um deles expôs um estudo, protagonizado pelas entidades, que busca aproximar os valores das classes, subclasses e tipos da tabela de preços do tabaco. A proposta objetiva diminuir perdas em uma eventual discordância sobre a classificação do produto entre produtor e indústria no momento da comercialização. A diferença de remuneração entre fumos tipos 2 e tipos 1 diminuiria em 10%, e entre os tipos 3 e 2, de 5%. Algumas empresas foram receptivas à ideia que deve evoluir na formação de uma comissão especial para desenvolver o projeto.

A área de plantio da safra 2014/15 também fez parte das análises. A necessidade de diminuir o volume de produção é compactuada entre as partes, embora tenham surgido divergências sobre o percentual. Para as entidades, a estimativa atual indica 8% de redução, em média, na variedade Virginia, e 20% no Burley. Algumas indústrias discorreram previsões semelhantes. Outras, porém, afirmam que o percentual pode ser maior.

No tocante ao custo de produção, os levantamentos, tanto das entidades como das indústrias, se iniciaram em junho, com dados sobre a formação de canteiros, preparo do solo e transplante. A segunda etapa de informações, que se encerra no final de agosto, contempla gastos com insumos/implementos e tratos culturais. A terceira e última insere a colheita, cuja finalização ocorre em outubro. Diante disso, a negociação da tabela de preços deve se iniciar a partir de novembro, com a consolidação de todos os dados coletados junto às áreas de cultivo. O ponto de partida deverá ocorrer a partir dos preços praticados pela tabela da safra 2013/14.

A 6ª Conferência das Partes (COP 6) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT), que ocorre em outubro, na Rússia, foi o quarto e último assunto das análises. O documento que fundamenta a pauta da reunião de Moscou, segundo informações trazidas pela Associação Internacional dos Produtores de Tabaco (ITGA), demonstra que propostas mais agressivas e negativas contra a produção foram eliminadas, sendo que, em muitos dos parágrafos, já se reconhece que nenhum produtor pode ser forçado a abandonar a cultura de tabaco antes de uma análise detalhada e de longo prazo sobre alternativas identificáveis e viáveis, e que os produtores devem participar da análise e dos ensaios de campo necessários. Como ainda não há certeza sobre participação direta na conferência, a ida de representantes das entidades dos produtores a Moscou, no entanto, ainda está indefinida.

 
Luciana Jost Radtke e Mário André Poll
Departamento de Comunicação Afubra


Tabaco – Entidades reúnem-se hoje e amanhã para debater nova safra

A representação dos produtores de tabaco, formada pelas federações da Agricultura (Farsul, Faesc e Faep) e dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep) dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), reúne-se hoje e amanhã (26 e 27 de agosto), em Santa Cruz do Sul. Num primeiro momento, o encontro será apenas entre as entidades e, na sequência, reuniões individuais com as indústrias fumageiras. Na pauta, a 6ª Conferência das Partes (COP 6) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT), que ocorre em outubro na Rússia; um estudo de aproximação dos valores dos tipos de tabaco (tabela de preços); análise e definição de área ideal para a safra 2014/2015; e perspectivas de aumento do custo de produção, safra 2014/2015.

AGENDA DE REUNIÕES
26.08 – terça-feira
- 8h30min às 9h45min: somente entidades
- 10h às 12h30min: Souza Cruz
- 14h às 14h30min: somente entidades
- 14h30min às 16h30min: Universal Leaf
- 16h35min às 18h: Philip Morris
27.08 – quarta-feira
- 8h30min às 10h: JTI
- 10h05min às 11h30min: Alliance One e China Tabacos
- 11h35min às 12h30min: somente entidades

 

Luciana Jost Radtke
Departamento de Comunicação Afubra


Seminários sobre Educação Rural movimentam três estados do Sul

Com o objetivo de redigir uma Carta de Intenções que irá nortear os trabalhos do Projeto Verde é Vida, programa de ação socioambiental da Afubra, no tocante à Educação Rural, serão promovidos seminários regionais sobre o tema, nas 14 Regiões de Atuação, nos três Estados do Sul do Brasil, a partir de hoje, 26 de agosto. Os eventos (confira as datas abaixo) reunirão professores e coordenadores das escolas parceiras do Projeto, durante um dia de trabalho.

A programação inicia na parte da manhã com palestra sobre o tema e relato das experiências desenvolvidas em cada município parceiro. Na parte da tarde, os participantes serão divididos em grupos para debaterem possíveis ações de Educação Rural e encerra com a elaboração da Carta de Intenções.

REVISTA VERDE É VIDA
Durante o Seminário de Educação Regional também será entregue a sexta edição da Revista Verde é Vida. Criada para divulgar os trabalhos realizados pelas escolas parceiras, nesta edição, a novidade são textos que mostram três municípios produtores de tabaco e parceiros do Projeto.

DATAS
* 26/08 – Seminário Regional de Educação Rural RA Cachoeira do Sul/RS e Candelária/RS
Em Paraíso do Sul, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Agudo, Cachoeira do Sul, Candelária, Cerro Branco, Novo Cabrais e Paraíso do Sul
* 27/08 – Seminário Regional de Educação Rural RA Sobradinho/RS e Arroio do Tigre/RS
Em Arroio do Tigre, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Arroio do Tigre, Lagoão, Passa Sete e Sobradinho
* 28/08 – Seminário Regional de Educação Rural RA Venâncio Aires/RS
Em Arroio do Meio, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Arroio do Meio, Boqueirão do Leão, Mato Leitão, Sério e Venâncio Aires
* 29/08 – Seminário Regional de Educação Rural RA Santa Cruz do Sul/RS
Em Rio Pardo, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol e Vera Cruz
* 02/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Camaquã/RS
Em Chuvisca, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Camaquã, Chuvisca, Cristal e Dom Feliciano
* 02/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Tubarão/SC e Braço do Norte/SC
Em Braço do Norte, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Braço do Norte, Cocal do Sul, Gravatal e Tubarão
* 04\09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA São Lourenço do Sul/RS e Canguçu/RS
Em Arroio do Padre, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Arroio do Padre, Canguçu e São Lourenço do Sul
* 09/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Irati/PR
Em Rio Azul, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Irati, Mallet, Rio Azul e Teixeira Soares
* 09/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA São Miguel d’Oeste/SC
Em São Miguel d’Oeste, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Iporã d’Oeste, Princesa, São José do Cedro e São Miguel d’Oeste
* 10/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Imbituva/PR
Em Guamiranga, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Guamiranga, Imbituva, Ipiranga e Prudentópolis
* 11/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Herval d’Oeste/SC
Em Água Doce, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Água Doce, Capinzal, Erval Velho, Herval d’Oeste, Joaçaba, Luzerna e Treze Tílias
* 11/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Rio Negro/PR e Mafra/SC
Em Mafra, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Canoinhas, Itaiópolis, Mafra, Piên, Quitandinha e Rio Negro
* 12/09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Rio do Sul/SC e Ituporanga/SC
Em Atalanta, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Agrolândia, Agronômica, Atalanta, Ituporanga, Petrolândia e Rio do Sul

* 25\09 – Seminário Regional de Educação Rural da RA Araranguá/SC
Em Meleiro, reunindo os professores das escolas parceiras dos municípios de Ermo, Maracajá e Meleiro

 

Luciana Jost Radtke
Departamento de Comunicação Afubra


Verde é Vida promove Mostra Científica Regional em Herval d’Oeste

Escolas de Água Doce, Capinzal, Erval Velho, Herval d’Oeste, Joaçaba, Luzerna e Treze Tílias reuniram-se no dia 22 de agosto, para a primeira etapa da Mostra Científica Regional do Projeto Verde é Vida, da Região de Atuação Herval d’Oeste. Nesta etapa, dos 14 trabalhos apresentados pelas escolas parceiras, quatro se classificaram para a segunda etapa, que ocorrerá no dia 06 de novembro, em Treze Tílias. Os trabalhos classificados foram: Açúcar mascavo, uma fonte de renda, da escola Viver e Conhecer, de Capinzal; Horta orgânica na escola, da escola Frei Silvano, de Água Doce; Produção de leite, uma alternativa sustentável, da escola Viver e Conhecer, de Capinzal; e Horta escolar e gastronomia, do Núcleo Pedagógico Rural, de Joaçaba.

 

Luciana Jost Radtke
Departamento de Comunicação Afubra