Programa da Afubra, dia 26 de agosto de 2017

26, agosto de 2017

O Supremo Tribunal Federal (STF) deveria ter julgado na quinta-feira, dia 17, uma ação direta de inconstitucionalidade movida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em 2012, contra a resolução da Anvisa que proibe o uso de aditivos na fabricação dos cigarros no Brasil. O julgamento ficou adiado e não tem data para ser apreciada pelo STF. O presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider, fala das consequências para o setor caso a resolução seja aprovada.

Na sequência, o gerente técnico da Afubra, Paulo Vicente Ogliari, fala de um estudo realizado pelos representantes dos produtores de tabaco, de uma diminuição na diferença da classificação entre os de melhor, media e menor qualidade das folhas de fumo.

 

Produção e edição: Elpídio Jair Iser - Departamento Comunicação Afubra

Tags: Tabaco, Anvisa, Cigarros, Aditivos, STF, Safra

COMPARTILHAR:

Arquivos relacionados:

Arquivo 01 - Clique para baixar

Top